Devo separar meu perfil pessoal do profissional?

A resposta básica para ambas as perguntas é a mesma: depende.

Isso pode parecer um pouco ilógico, mas a realidade é que, assim como os profissionais de saúde precisam acompanhar cada condição, para cada paciente, a decisão de separar ou não os perfis nas redes sociais dependerá muito do perfil do indivíduo e suas intenções.

Há muita reflexão a considerar antes de tirar conclusões sobre o melhor caminho. Novamente, quando se trata de marketing digital, tentaremos várias vezes entender qual curso é melhor para cada situação.

Para ajudar, não para construir uma resposta definitiva, mas para abrir uma discussão sobre se devo manter meu perfil pessoal separado do meu perfil profissional, vou deixar algumas reflexões sobre o assunto abaixo para esclarecer dúvidas.

Existem vários estilos de perfis

Antes, pensei que seria interessante dar uma rápida visão geral dos estilos de perfil que podemos encontrar nas redes sociais, seus detalhes e como funcionam. Eles são:

  • Perfil pessoal: onde você publica informações sobre sua vida fora da sua profissão. Sobre sua família, lazer, cotidiano, enfim, sobre quem você é;
  • Perfil Profissional: Como o nome sugere, é um perfil que está desconectado da sua vida pessoal. Totalmente focado em sua carreira;
  • Perfil da Empresa: Aqui você publica apenas informações sobre o serviço ou o trabalho que alguém realiza, por exemplo, uma publicação institucional da marca;
  • Perfis Profissionais e Pessoais: Perfis que combinam as rotinas da vida pessoal com as ocupações do dia a dia, é uma combinação das duas áreas que compõem o seu dia a dia.

Tudo depende do seu planejamento

Como mencionei anteriormente, não estou buscando respostas definitivas por meio desta publicação.

Na verdade, é importante ter os fatos para que você, lendo isso, reflita amplamente suas necessidades como marca e provedor de serviços.

Portanto, para decidir se deve ou não separar suas contas pessoais e profissionais, é importante ter em mente os seguintes pontos:

Pessoas se conectam com pessoas

Mesmo que você opte por manter seus perfis separados, não esqueça que deve haver consistência entre o que você publica. Quando você muda seu perfil para falar com seu público, você não deixa de ser você mesmo.

Seus valores, crenças e ideais permanecem os mesmos em suas vidas pessoais e profissionais. Vale lembrar que é por meio dessa humanização que podemos atrair novos clientes.

Qual o propósito da sua marca?

Outro fator chave para tomar essa decisão é: quais são suas intenções para a marca com o mundo?

Quando faço essa pergunta, me pergunto se você tem ambições de aprimorar sua marca ou se deseja apenas manter um conjunto seleto de clientes e o que pode oferecer.

Por exemplo, se sua clínica é pequena e você não planeja expandir seu alcance e alcançar novos clientes, apenas usar um perfil pode ser uma boa opção.

Agora, se você tem uma forte necessidade de fortalecer sua marca, o mais indicado é fortalecer a marca corporativa, mesmo que comece com um perfil pessoal e mantenha os dois separados um do outro.

As redes sociais são a sua vitrine de vendas

De um modo geral, se usamos as redes sociais para negócios, precisamos entender que é a nossa janela de vendas. Essa vitrine tem que ser capaz de mostrar em segundos quem você é, como pode ajudar seu público e o que você oferece/vende.

Claro, pode haver outros posts aleatórios, mas o objetivo principal é poder explicar claramente o que você está oferecendo de melhor para as pessoas que você está tentando atrair.

No entanto, devo ter apenas informações profissionais ou pessoais neste display? Aqui estão alguns pontos a serem considerados:

Em que medida os produtos/serviços oferecidos representam a sua marca pessoal? As redes sociais são seu único canal de vendas/conteúdo? O conteúdo é suficiente para satisfazer seu público? Você tem dois ou mais serviços com metas de serviço completamente diferentes?

Para o empresário e sua empresa, a decisão de ter duas contas é mais clara. A marca da empresa está bem estabelecida e consolidada na comunicação desde o início, e é diferente da marca pessoal do empreendedor – sua identidade, valores, produtos, serviços, imagem, personalidade etc.

No caso de um autônomo, o que ele faz é parte de quem ele é. Por exemplo, identidade, valores, história ou imagem estão totalmente refletidos nos serviços prestados. Nesse caso, ter uma conta muitas vezes pode lhe servir bem.

gigantecom

(11) 98612-4461

(11) 2536-4182

contato@gigantecom.digital

CNPJ 38.321.195.0001-44

Estrada do Elenco, 50 – Jardim São 

Domingos Guarulhos – SP 07142-000 Brasil

Todos os direitos reservados a gigantecom

com <3 feito em São Paulo.